29 de set de 2007

Olá amadas to com saudades não estou podendo visitar todas por estar atarefada com minha mudança,muita correria,mas to feeelizzz muito entusiasmada com o corre corre...deixo meu carinho a todas que por aqui deixam seu amor e desejo a todas um domingo abençoadissimo!!!...Acredito que mais alguns dias já esta tudo normalizado por aqui e volto com tudo,está no projecto da casa nova toalhas de mesa com barrado em croché...novos caminho de mesa..cozinha,muitas toalhinhas etc...afff será que do conta?rsrsr

23 de set de 2007

Tirei algumas fotos do apto onde vamos morar...CLIQUE nas fotos para visuálizar em tamanho maior.
É o Paraguai do outro lado do rio,lá no fuundo a chuva chegando,fotos tiradas hoje! Esta é a vista da minha sala,avenidas vazia"Domingo" Vista da sala Vista do quarto da minha filha... Do quarto do meu filho... Vista da minha cozinha... Vista da sala, Rio paraná que divide o Brasil do Paraguai Sala... Da sala Da copa... Do meu quarto... Do quarto da minha filha...

19 de set de 2007

Terminados,ainda me faltam mais dez.

RecadosAnimados.com

Ontem foi o Aniversário da minha amiga virtual e blogueira EDILENE...amiga do coração.Di,Te desejo o melhor dessa terra amiga e que teus sonhos e planos se realizem todos os dias de sua vida!com todo meu carinho.

16 de set de 2007

Foto de Joaquim Antunes
Fomos presenteados,ao chegar do feriadão tínhamos um casal de hóspedes na casinha que minha amiga Edilene me mandou...quando abri a sacada vi muitos gravetos de galhos secos no piso e questionei, caramba?o que é isso?quem jogou isto aqui...limpei aquela sujeira toda e nada percebi...passado dois dias ao regar minha plantinha olhei p/casinha eeeeiiiiii!gritei,temos visita!!eles são Curruíras e muito pequenos e o canto é melodia...presente do céu.Estamos preocupados pois nosso tempo aqui é curto e eles rescem estão fabricando o ninho e se chagar o dia da mudança e eles tiverem com filhotinhos que vou fazer??...não quero deixar a casinha por ser presente e por ter certeza que outras pessoas vão fazer sei lá o que com eles?meu coração ta partido...
Ele esta AQUI!!linndinho.

img_title

15 de set de 2007

São panos simples paguei por cada um R$ 1,78 muito barato,tenho mais 10 para fazer a barrinha...optei pela simplicidade na barra por não ser panos para enfeite e sim para uso do dia dia...
Minhas princesas to aqui na correria de arrumação e preparação para meu novo lar,como sai coisa..rsrs,mas sempre que posso to nas agulhas dei uma pequena pausa na minha toalhinha para fazer umas barrinhas bem simples em alguns panos de cozinha,são prendinhas para quatro senhoras que gosto muito,elas não sabem é surprezinha.

13 de set de 2007

12 de set de 2007

Olha ai lindinhas iniciei outra toalhinha,depois de tanto tempo sem crochetar toalhinhas to matando a saudade...são para meu novo lar pois estamos de mudança eita coisa boa,casa nova vida nova...dá trabalho mexer com mudança mas gosto disso porque cada mudança é para melhor!!

11 de set de 2007

Prontinha minha toalhinha ficou um mimo...o projéto éra duas neste Feriado mas o tempo vago era pequeno,até que rendeu rsrs...tenho a receita para quem quiser...é só deixar o endereço eletrônico que envio com carinho.Fiz uma pequena mudança nas duas últimas carreiras.

10 de set de 2007

Aproveitei o calor intenso e fiz uma toalhinha de croché que a muuito tempo não fazia,ficou bonitinha,amanhã eu posto a foto para vcs verem.

Aqui está a minha contribuição para com esta maravilha da natureza...vi num blog uma foto de um Ipê rosa,em outro o branco e como por aqui tbm tem muito aí está!...não sei como consegui fotografar com a velocidade que meu marido estava dirigindo + - 160 km/hr ,mas fiquei satisfeita.
Este é um dos lagos no sitio do meu sogro...e nele tem muitos moradores são RÃS BOI ...mais ou menos um quilo são enormes gente é coisa de loco,eles fazem o som como se fossem bois mugindo...é incrivél,não foi fácil tirar a foto pois eles ao sentir nossa presença afundam,então tirei de longe e cortei uma das fotos para que vcs possam visuálisar melhor. Aqui meu gatinho no rio que corre nos fundos da propriedade,muito bom Na foto acima os cães estavam brigando só para vcs entenderem a foto...eles guardam a propriedade naquela imensidão de matas. E esta vista?...a foto foi tirada do alto do morro

6 de set de 2007

Queridas amigas agradeço cada uma que por aqui deixou seu carinho,retribuo o carinho de vocês com o desejo de um feriadão abençoadissimo vocês merecem...to saindo de passeio e volto na segunda por isso o blog vai ficar paradinho nestes dias...descanso merecido andei muito atarefada com meus afazeres nos últimos dias....nem vou levar o tricô...mas um crochezinho vai sair(eu espero né)rsrsr...

5 de set de 2007

Amadas recebi um e-mail com a carta postada logo a baixo....faço minhas as palavras desta jornalista que foi a porta vóz de muitos Brasileiros....leiam com atenção!
VELE A PENA.
Carta aberta para Renato Aragão, o nosso Didi. Quinta, 23 de agosto de 2007. Querido Didi, Há alguns meses você vem me escrevendo pedindo uma doação mensal para enfrentar alguns problemas que comprometem o presente e o futuro de muitas crianças brasileiras. Eu não respondi aos seus apelos (apesar de ter gostado do lápis e das etiquetas com meu nome para colar nas correspondências). Achei que as cartas não deveriam sem endereçadas à mim. Agora, novamente, você me escreve preocupado por eu não ter atendido as suas solicitações. Diante de sua insistência, me senti na obrigação de parar tudo e te escrever uma resposta. Não foi por "algum" motivo que não fiz a doação em dinheiro solicitada por você. São vários os motivos que me levam a não participar de sua campanha altruísta (se eu quisesse poderia escrever umas dez páginas sobre esses motivos). Você diz, em sua última carta, que enquanto eu a estivesse lendo, uma criança estaria perdendo a chance de se desenvolver e aprender pela falta de investimentos em sua formação. Didi, não tente me fazer sentir culpada. Essa jogada publicitária eu conheço muito bem. Esse tipo de texto apelativo pode funcionar com muitas pessoas mas, comigo não. Eu não sou ministra da educação, não ordeno as despesas das escolas e nem posso obrigar o filho do vizinho a freqüentar as salas de aula. A minha parte eu já venho fazendo desde os 11 anos quando comecei a trabalhar na roça para ajudar meus pais no sustento da família. Trabalhei muito e, te garanto, trabalho não mata ninguém. Estudei na escola da zona rural, fiz supletivo, estudei à distância e muito antes de ser jornalista e publicitária eu já era uma micro empresária. Didi, talvez você não tenha noção do quanto o Governo Federal tira do nosso suor para manter a saúde, a educação, a segurança e tudo o mais que o povo brasileiro precisa. Os impostos são muito altos! Sem falar dos impostos embutidos em cada alimento, em cada produto que preciso comprar para minha família. Eu já pago pela educação duas vezes: pago pela educação na escola pública, através dos impostos, e na escola particular, mensalmente, porque a escola pública não atende com o ensino de qualidade que, acredito, meus dois filhos merecem. Não acho louvável recorrer à sociedade para resolver um problema que nem deveria existir pelo volume de dinheiro arrecadado em nome da educação e de tantos outros problemas sociais. O que está acontecendo, meu caro Didi, é que os administradores, dessa dinheirama toda, não tem a educação como prioridade. O dinheiro está saindo pelo ralo, estão jogando fora, ou aplicando muito mal. Para você ter uma idéia, na minha cidade, cada alimentação de um presidiário custa para os cofres públicos R$ 3,82 (três reais e oitenta e dois centavos) enquanto que a merenda de uma criança na escola pública custa R$ 0,20 (vinte centavos)! O governo precisa rever suas prioridades, você não concorda? Você diz em sua carta que não dá para aceitar que um brasileiro se torne adulto sem compreender um texto simples ou conseguir fazer uma conta de matemática. Concordo com você. É por isso que sua carta não deveria ser endereçada à minha pessoa. Deveria se endereçada ao Presidente da República. Ele é "o cara". Ele tem a chave do cofre. Eu e mais milhares de pessoas só colocamos o dinheiro lá para que ele faça o que for necessário para melhorar a qualidade de vida das pessoas. No último parágrafo da sua carta, mais uma vez, você joga a responsabilidade para cima de mim dizendo que as crianças precisam da "minha" doação, que a "minha" doação faz toda a diferença. Lamento discordar de você Didi. Com o valor da doação mínima, de R$ 15,00, eu posso comprar 12 quilos de arroz para alimentar minha família por um mês ou posso comprar pão para o café da manhã por 10 dias. Didi, você pode até me chamar de muquirana, não me importo, mas R$ 15,00 eu não vou doar. Minha doação mensal já é muito grande. Se você não sabe, eu faço doações mensais de 27,5% de tudo o que ganho e posso te garantir que essa grana, se ficasse comigo, seria muito melhor aplicada na qualidade de vida da minha família. Você sabia que para pagar os impostos eu tenho que dizer não para quase tudo que meus filhos querem ou precisam? Meu filho de 12 anos quer praticar tênis e eu não posso pagar as aulas que são caras demais para nosso padrão de vida. Você acha isso justo? Acredito que não. Você é um homem de bom senso e saberá entender os meus motivos para não colaborar com sua campanha pela educação brasileira. Outra coisa Didi, mande uma carta para o Presidente pedindo para ele selecionar melhor os professores. Só escolher quem de fato tem vocação para o ensino. Melhorar os salários, desses profissionais, também funciona para que eles tomem gosto pela profissão e vistam, de fato, a camisa da educação. Peça para ele, também, fazer escolas de horário integral, escolas em que as crianças possam além de ler, escrever e fazer contas, possam desenvolver dons artísticos, esportivos e habilidades profissionais. Dinheiro para isso tem sim! Diga para ele priorizar a educação e utilizar melhor os recursos. Bem, você assina suas cartas com o pomposo título de Embaixador Especial do Unicef para Crianças Brasileiras e eu vou me despedindo assinando... Eliane Sinhasique - Mantenedora Principal dos Dois Filhos que Pari P.S.: Não me mande outra carta pedindo dinheiro. Se você mandar, serei obrigada a ser mal educada: vou rasgá-la antes de abrir. Acrescento: Porque a Globo e Outros grupos de midia não faz campanha para MORALIZAÇÃO E COBRANÇA DAS PROMESSAS DE CAMPANHA, colocando algumas mensagens na tv, rádio, jornais e revistas.